terça-feira, 30 de abril de 2013

Margarina? NÃO!







Muita gente já sabe que a GORDURA VEGETAL HIDROGENADA (GVH) causa danos ao organismo.

Mas poucos estão informados sobre a GORDURA INTERESTERIFICADA: "As gorduras interesterificadas são óleos que foram modificados quimicamente. Gorduras interestificadas são obtidas a partir de mistura de óleo vegetal totalmente hidrogenado (gorduras trans) e óleos vegetais líquidos." (...)

Em 2007 diversos fabricantes começaram a substituir a gordura hidrogenada pela gordura interesterificada. No entanto, estudos recentes sugerem que, em alguns aspectos, esta pode ser mais danosa à saúde do que a gordura hidrogenada." 


LEIAM OS RÓTULOS DAQUILO QUE COMPRAM E INFORMEM-SE SOBRE O SIGNIFICADO DE CADA ITEM INSERIDO NELES!


Como digo aos pacientes, solidificou em temperatura ambiente é trans! Regrinha de ouro! Para facilitar que vocês se protejam contra alimentos nocivos à saúde.

A Saúde é Sua! Aprenda a Cuidar Dela!

Combinação de alimentos com resultados funcionais! Aproveite!






sábado, 27 de abril de 2013

Brigadeiro sem Ovo, Leite e Soja!




Seu filho tem alergia ao leite de vaca? Confira essa receita de brigadeiro, isenta de leite, ovo e soja! 

Ingredientes
1 unidade média de mandioca
½ xícara de chá de açúcar refinado
4 colheres de sopa de chocolate em pó sem leite (cacau em pó)
2 colheres de sopa de óleo (ou óleo de gergelim)
3 xícaras de chá de água
½ xícara de chá de chocolate granulado sem leite e sem soja


Modo de Preparo

Cozinhe a mandioca na panela de pressão por 30 minutos. Amasse bem até formar uma massa lisa sem grumos. Em seguida, leve ao congelador para esfriar por 20 minutos. Em uma panela, misture bem a mandioca, o açúcar, o chocolate em pó sem leite e o óleo, acrescentando água aos poucos e mexendo sempre. Quando a mistura soltar do fundo da panela, desligue o fogo e deixe esfriar. Em seguida, modele as bolinhas e enfeite-as com chocolate granulado sem leite. 

Coloque-as nas forminhas de papel e sirva.
Rende 16 porções

Fonte: 
Receitas culinárias para crianças com alergia alimentar – Instituto Girassol 
via
https://www.facebook.com/cozinhandosem.gluten

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Receita - Como Fazer Molho/Pesto Típico Italiano.




Ingredientes:


  • 100g de manjericão;
  • 01 dente de alho;
  • 10g de Pinoli ou "Noz" (pode ser substituiído por nozes ou castanha do Pará);
  • 50g de Queijo Ralado "Parmesão" (pode ser feito sem, acrescentando pouco sal);
  • Azeite de Oliva.


Obs.: No lugar do parmesão pode ser usado 01 colher de chá cheia de quinua e flocos, ou amaranto, ou aveia. No lugar do Pinoli ainda pode ser acrescentado no lugar 01 colher de sobremesa de óleo de gergelim, para assemelhar o sabor da oleaginosa.

Pode ser consumido no café da manhã e lanches no lugar da manteiga, na mesma medida. Veja abaixo o vídeo com Modo de Preparo e a Noção de Medidas:





quinta-feira, 25 de abril de 2013

Embeleze sua casa pondo um Verde Vivo!

Olha que encanto! Essas são variedades de abóbora para decoração. 




Cultivar abóboras no quintal ou na sacada de um apartamento é uma novidade. Elas não são próprias para consumo porque têm a polpa muito amarga, são abóboras pequenas com seis a oito centímetros de comprimento e muito coloridas.



 Algumas são verde escuro com verde claro, outras são cor de creme, outras são amarelo intenso com amarelo claro e algumas são bicolor, metade verde, metade amarela. O formato predominante é de pera, mas existem algumas que são arrendondadas, o que é interessante para compor um arranjo para decoração, então não tem uma padronização, todas iguais, mas todas elas tem um colorido intenso, formato pequeno, pequenas variações no formato, que fica esteticamente bastante atraente.








Esta, da imagem abaixo, é conhecida como abóbora ornamental BRS Linda. Essa variedade foi lançada pela EMBRAPA, pode ser cultivada em jardins como plantas ornamentais, até enfeitar restaurantes, com belas flores amarelas e pequenos frutos coloridos, que maduros podem ser utilizados para decorar ambientes. 


BRS Linda de tamanho pequeno, colorida e durável enfeita ambientes (Foto: Sintia Fischer)


Clique no folheto para ampliar, veja como cultivar e adquirir suas sementas



fonte: http://www.cpact.embrapa.br/imprensa/noticias/2012/28082012.php

sábado, 20 de abril de 2013

Antepasto de Abobrinha.

A abobrinha ajuda o intestino a funcionar em casos de constipação - só evite a pimenta se for sensível.


Ingredientes

abobrinhas grandes
5 dentes de alho picadinhos
Pimenta-calabresa a gosto
Sal e orégano a gosto
1 xícara de azeite extra virgem

Preparo

Lave e seque bem as abobrinhas. Com o auxílio de um fatiador, fatie-as em rodelas bem fininhas e reserve. Numa panela, aqueça o azeite com o alho, apenas até ferver. Reserve. Unte uma chapa de ferro e grelhe as abobrinhas de ambos os lados. Reserve. Numa tigela misture o azeite com o alho, o orégano, a pimenta e acerte o sal. Para a montagem basta intercalar o azeite com as abobrinhas até que terminem os ingredientes. Leve à geladeira e sirva com torradinhas ou o pão de sua preferência. Fácil e delicioso!



Conquistando o seu bom hábito alimentar.




Fiquem atentos, excesso de cafezinho atrapalha a síntese de vitamina D, Tiamina (B1) e a boa absorção do ferro. No máximo 2 xícaras de 50 ml no dia. E há estudos associando alta ingestão com incontinência urinária na meia idade. Tudo que é demais abunda! rss

quarta-feira, 17 de abril de 2013

O que os transgênicos podem fazer com você.

O que há com esse ratinho "encaroçado"?  São os resultados de estudos feitos com o milho da Monsanto, estão levantando a questão se o milho transgênico (geneticamente modificado) é seguro para o consumo por humanos. Porque estamos comendo isso? Não reclamamos quando tiraram todo o fubá original/nativo por este com um "T" dentro de um triângulo em amarelo que você vê nas embalagens.




GMO é da sigla em inglês para Organismo Geneticamente Modificado. J', K' e L' são os "nomes" dos ratos estudados.



Estudo feito na Rússia, em 2009. O que você observa na imagem é o céu da boca de hamsters, logo ao lado dos dentes molares, observa-se "bolsas" e dentro delas há pelos brotando quase que no céu da boca.


Normal Fed: Alimentação normal.
Monsanto GM fed: Alimentação geneticamente modificada (GM) da Monsanto.






Simbolo que o produto contém ingrediente modificado geneticamente (Transgênico), há países em que estes não são permitidos para consumo.



 Interessante é que a própria Monsanto, vende o único agrotóxico capaz de combater as pragas que atacam esses milhos com modificação genética.









Fique por dentro, saiba de tudo de uma vez: 
Transgênicos e Contaminação do Leite. {O Mundo Segundo A Monsanto}




Tem muito tempo que ando prometendo essa postagem, a intenção não é chocar, são fatos. É minha função informar quando há alimentos vs saúde em jogo.

Falta mesmo muita cultura da população para estar melhor preparada ao que a indústria a oferece. 

Acredito piamente que é possível sim, produzir em quantidade e qualidade ideais para suprir as necessidades nutricionais da população sem o uso desses recursos extremos, o errado é pensar que todos os nutrientes estão presentes em um único alimento de forma suficiente e adequadamente biodisponível, e que todos os seres humanos tem as mesmas capacidades metabólicas/absortivas e por isso TODOS no mundo podem e devem comer as mesmas coisas diariamente até o resto de suas vidas e gerações futuras. 

Quando pararem de investir em quantidade e entenderem que a qualidade também pode ser lucrativa, talvez nossa saúde mude para melhor um pouquinho.

O fato de criarem a "polêmica" da fome mundial, basta melhorar a logística de distribuição dos alimentos, haja vista os inúmeros estudos a respeito disso, a quantidade de comida que se perde do produtor ao fornecedor é absurda! E de uma forma geral, come-se mais do que se REALMENTE precisa, e come-se mal! O que é pior.

E a consciência fica pesada, quando me perguntam "faz bem?" tal alimento. E aí? Faz bem? Até que ponto?

Apenas a minha opinião,  talvez não falte apenas a questão "intelectual" da população aos alimentos consumidos, mas também dos produtores e indústria quanto a forma de lidar com o solo, sem exaurir-lo de todos os nutrientes, quanto a isso ilustra bem a comparação da abordagem Taylorista de produção em massa, que está defasada, ou pode-se dizer que é fracassada a  insistência de aplicar teorias newtonianas para um mundo minimamente complexo, a situação atual esta para a ciência o mesmo que religiões passadas a atrasaram e perseguiram visando benefícios próprios, afinal, ainda busca-se ouro e escolha de reis. 

A Saúde é SUA! Aprenda a cuidar Dela!

terça-feira, 16 de abril de 2013

Leitura Recomendada aos Pacientes

Este livro da Sonia Hirsch está em uma linguagem muito acessível, conteúdo esclarecedor e com ilustrações divertidas. 

O livreto tem 159 páginas muito bem explicadas.  Disponível em grandes livrarias. 
Adquira o seu e boa leitura!







Obs.: Provável que também esteja disponível para compra online.

Você esta tomando alguma estatina? Saiba um dos motivos que lhe foi recomendado Ubiquinona (CoQ10).


CLIQUE na imagem para ampliar!
CURIOSIDADE

Existem 3 subtipos de CK:
a) CK-BB que está presente em vários tecidos do corpo
b) CK-MM presente em grande quantidade nos músculos e no coração
c) CK-MB presente em pequena quantidade nos músculos, mas em grande quantidade no coração.
Valores de referência:
Método: cinético, química seca.
·         Masculino: até 190 U/L.
·         Feminino: até 167 U/L.
·         CK-BB: indetectável.
·         CK-MB: indetectável até 7 U/L.
·         CK-MM: 5 a 70 U/L.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

TOXOPLASMA GONDI

Toxoplasma Gondi (http://hypescience.com/)

O Toxoplasma gondii é provavelmente o parasita mais interessante do planeta. Esse protozoário unicelular vive e se reproduz no organismo de gatos, produzindo células ovais que se movem com os movimentos intestinais dos felinos e são eliminadas nas fezes, prontas para infectar outros animais que entrarem em contato com os dejetos do animal.


Uma vez em seu novo hospedeiro, o parasita adquire forma de cisto e se aloja em vários tecidos, incluindo os cerebrais. Mas o Toxoplasma só pode continuar seu ciclo de vida e atingir a fase adulta se conseguir entrar no organismo do gato.

E o parasita evoluiu de modo a garantir que isso aconteça: a infecção por Toxoplasma altera o comportamento de ratos, por exemplo, fazendo-os perder o medo de cheiro de gatos (alguns chegam até a sentir atração sexual com o odor) ao sequestrar as rotas neuroquímicas no cérebro dos roedores.
  
Para fazer com que o rato se torne uma presa mais fácil, ele controla a mente do roedor, fazendo com que ele fique atraído por xixi de gato, tudo isso para ir parar dentro de um hospedeiro maior. 

Toxoplasma gondii ciclo de vida.

Fonte: merckmanuals.com
E você sabia que esse bichinho infecta 50% da população mundial? Nos humanos ele pode causar neuroticismo.

Neuroticismo é a tendência para experimentar emoções negativas, como raiva, ansiedade ou depressão. Por vezes é chamada de instabilidade emocional. Aqueles com um grau elevado de neuroticismo são emocionalmente reativos e vulneráveis ao stress. Eles são mais predispostos a interpretar situações normais como sendo ameaçadores, e pequenas frustrações como dificuldades sem esperança. 

As suas reações emocionais negativas tendem a persistir por períodos invulgarmente longos, o que significa que eles estão usualmente com má disposição. Esses problemas na regulação emocional podem diminuir a capacidades dessas pessoas para pensar claramente, tomar decisões e lidar de forma apropriada com o stress.

No outro extremo da escala, indivíduos com baixo neuroticismo são mais difíceis de serem perturbados e são menos reativos emocionalmente. Eles tendem a ser calmos, emocionalmente estáveis, e livres de sentimentos negativos persistentes; no entanto, a escassez de sentimentos negativos não significa necessariamente que estes indivíduos experimentem muitos sentimentos positivos.
 
 
Parasitas Assassinos - Toxoplasmose
 




fontes:


Esse artigo abaixo é da PEA, feito pela Dra. Gabriela Toledo, Médica Veterinária:
 

Toxoplasmose, a Culpa Não é do Gato
 
 
 
É uma infecção parasitária causada por um protozoário, o Toxoplasma gondii.
 
 
Apenas 1% dos gatinhos transmite a toxoplasmose e, para isso, eles precisam estar doentes e, principalmente, na fase de eliminação dos oocistos. O gatinho contrai o toxoplasma quando come carne crua ou mal passada ou, ainda, se ele comer insetos, ratos, lagartixas que contenham cistos do protozoário. É importante saber que adquirir toxoplasmose de gatos é muito raro e o animalzinho não é a principal fonte de transmissão.
 
Geralmente, o gato que contraiu toxoplasmose, irá eliminar os oocistos (“ovinhos” do toxoplasma) apenas uma única vez e por apenas 15 dias durante toda a sua vida. Esta eliminação ocorre 10 dias após o gatinho ter sido infectado. Para que você se contamine com o toxoplasma, você precisa comer a forma infectante, que nada mais são que os ovinhos germinados presentes nas fezes do gato contaminado. Ou seja, você precisa que as fezes do gato tenham contato com sua boca. E tem mais, as fezes do gato infectado precisam ter contato com sua boca depois de 48 horas que o gato tenha defecado, caso contrário, os “ovinhos não germinam” e o ciclo não se completa!
 
Vale lembrar que os gatos são animais extremamente limpos. Eles têm o habito de enterrar seus dejetos e se limpar várias vezes ao dia. Estudos mostram que é impossível você contrair toxoplasmose beijando ou acariciando seu gatinho. Portanto, fique tranqüila!  Seu gatinho não lhe representa nenhum perigo! Ahhhh, já estava esquecendo, não se contrai toxoplasmose através da lambida, mordida ou arranhões de gato.
 
  
Os pombos também já levaram a culpa de transmitir toxoplasmose. Assim como os pombos, outros animais (rato, coelho, tartaruga, iguana, porquinho da índia etc.)  também são e foram perseguidos! Tanto os pombos como qualquer animal pode transmitir toxoplasmose. Para isso, é necessário que esses animais estejam infectados (com cistos de toxoplasma em seus tecidos corpóreos) e você coma a carne crua ou mal passada desses animais.
 
Portanto, se você não come pombos crus ou mal passados, fique tranqüila, eles não representam nenhum risco de lhe transmitir toxoplasmose.
 
 
Agora sim, a parte que ninguém fala, mas que é a mais importante!
 
As principais formas de contaminação ocorrem pela ingestão de carne crua ou mal passada e pela ingestão de legumes, verduras e frutas mal lavadas.
 
Não é a toa que a maior concentração de pessoas positivas para toxoplasmose do mundo está em Erechim/RS (onde o consumo de carne de porco é enorme). Depois de Erechim, podemos citar Portugal, onde é extremamente comum o consumo de embutidos.
 
A OMS estima que 50 a 60% da população mundial adulta está infectada com toxoplasmose. Isso se deve ao fato de terem tido contato com o toxoplasma. Não quer dizer que essas pessoas estão doentes. Elas apenas possuem anticorpos contra a doença. O problema ocorre em pessoas que estão fraquinhas (com o sistema imune deprimido). Nestes casos, os sintomas da toxoplasmose podem aparecer. Em pessoas saudáveis geralmente os sintomas não aparecem ou passam desapercebidos. Outra situação delicada é quando uma mulher nunca teve contato com o toxoplasma (soronegativa para toxoplasmose) e engravida. Principalmente, durante os 3 primeiros meses de gestação, se a mamãe se infectar e não tiver o tratamento adequado, pode ocorrer a transmissão do toxoplasma para o feto, acarretando problemas para ele. Portanto, se você é soropositiva e está grávida, não precisa se preocupar. Agora, se você é soronegativa, basta ter alguns cuidados, como veremos a seguir.
  
 
Por aqui já dá para entender que, para uma pessoa se contaminar através do gato, é necessário que o gato esteja realmente doente, eliminando os oocistos, a caixinha de areia esteja suja e sem limpar por, no mínimo 24horas, e a pessoa mexa nas fezes e depois leve a mão suja à boca, ingerindo assim os oocistos esporulados do toxoplasma. Poxa... isso é um tanto quanto difícil de acontecer com pessoas com o mínimo de higiene, não é mesmo?
 
Se já sabemos como ocorre a contaminação, fica fácil evitar... Vamos lá:
 
Cuidados gerais
- Lave as mãos antes de comer ou beber;
- Lave as mãos após a manipulação de carne e alimentos;
- Não tome leite sem antes fervê-lo;
- Não tome água de origem desconhecida;
- Não coma carne crua ou mal passada e nem verdura, legumes e frutas mal lavados;
- Não coma embutidos não fiscalizados, de procedência duvidosa;
- Use luvas ao limpar a caixa sanitária de gatos e/ou quando for mexer com jardinagem;
- Se você for vegetariano, já não precisa se preocupar com carnes cruas ou mal passadas, mas tenha muita atenção nas frutas, legumes e verduras bem lavadas.
 
Cuidados com o gatinho
- Não o alimente com carne crua ou mal passada;
- Limpe a caixa sanitária 2x ao dia;
- Desinfete a caixa sanitária e a pá com água fervendo por 5 minutos diariamente (se o gatinho estiver doente);
- Evite que seu gatinho tenha acesso à rua (assim evita que ele cace ratinhos, baratas, lagartixas ou então que ele coma alimentos duvidosos);
- Mantenha seu gatinho vacinado e vermifugado;
- Leve seu gatinho frequentemente ao veterinário.
 
Cuidados com outros animais
- Estoque alimentos e ração adequadamente evitando o acesso de insetos (insetos podem “carregar” o oocisto esporulado até a ração. Se o animal ingerir a ração contaminada ele irá se infectar com o toxoplasma).
 
  
 
SEJA FELIZ COM SEU GATINHO, ELE DEFINITIVAMENTE NÃO REPRESENTA NENHUM PERIGO PARA VOCÊ, POIS BEIJÁ-LO, ABRAÇÁ-LO, ACARICIÁ-LO, BRINCAR E DORMIR COM ELE NÃO TRANSMITE TOXOPLASMOSE.
                                                                     
 
Dra. Gabriela Toledo, Médica Veterinária
CRMV-SP 28.659
Presidente da PEA www.pea.org.br
Gestante de 5 meses em 09/12/11


 fonte: http://www.pea.org.br/cuidados/toxoplasmose.htm

Série: Suplemento não é só para Atleta! L-Carnitina auxiliando na melhora da resposta à insulina e pressão arterial no diabetes tipo 2.







































CLIQUE na imagem para ampliar!


Procure um bom nutricionista para adequar sua dieta! Nunca consuma suplementos sem orientação médica ou nutricional! Você pode por sua saúde em risco!